Porque admiro Dalai Lama

Tantas pessoas me perguntam porque eu admiro tanto Dalai Lama. Confesso que eu não sou uma pessoa criada como religiosa e eu fui pelo mundo aprender mais sobre muitas religiões e tradições. Minha avó é católica mas em casa tive a liberdade de aprender mais e sem ser obrigada. Assim aprendi sobre Deus, Deusa, Buda, reencarnação, Tara, respeito a natureza, e a importância da montanha e de como devemos pedir permissão para subir, nunca foi claro para quem.

img_5158img_5154

Olhei religiões pela América, África, Europa, Oriente Médio, e a Ásia. Aprendi vivendo no Brasil, Argentina, EUA, Holanda, Inglaterra, Australia, Peru,e muito aprendi viajando pelo mundo. E ficando bastante na Asia.

img_5142.pngimg_5143.pngimg_5146img_5144img_5146.png


img_5147img_5148.png

Haiko já conhecia a Índia e me disse para irmos a Mc Leod Ganj. Quando chegamos lá vimos muitos tibetanos e aprendemos que haveria aulas do Dalai Lama. Eu e o Haiko agnósticos resolvemos ir para ver o que diria.

img_5135img_5137.pngimg_5135.pngimg_5134.png

Sentei do lado de duas mulheres que falavam português, Denise e Rita. Quando Dalai Lama entrou eu tinha visto que tinha budistas com roupas de outras cores, o que percebi que não seguiam o estilo do budismo tibetano, mas estavam lá.

Dalai Lama entrou andou, parou e voltou para colocar os budistas de outro caminho para ficar ao seu lado. Aquilo me tocou.

Quando chegou na hora de falar me tocou ainda mais.

Primeiro disse, e mesmo depois de 2 comas nunca vou esquecer. “Não se torne budista, é duro mudar de onde viemos. Respeite a todas as religiões. Aceite o que é natural para vocês” Dalai Lama deu aulas por dias e eu fiquei encantada. O que me tocou mais é aprender sobre a compaixão, que não é bondade, é se colocar no lugar do outro. Farei até mais posts para contar de como aprendi tanto sobre o Budismo. E até conheci Karmapa.

img_5140-1

O ponto é que eu lá na Ásia no ano passado passei de novo por países budistas. No Vietnã, aprendi que quando teve guerra, monges pediam a paz e os monges eram mandados embora porque os governantes queriam guerra. Só sei que lá no Vietnã por muito tempo conheci o Mr Colly que é inglês e ama a China. Quando eu contei que amo o Dalai Lama ele não parou de me mandar mensagens de Tibetanos mortos na na China, não parou de me dizer que só o ocidente que gosta do Dalai Lama que lá na China querem ele morto.

Mr. Colly é muito inteligente e infeliz. Falava bem varias línguas e era realmente brilhante. Olhava tudo no computador para fazer pesquisa em segundos. Estava casando com uma chinesa por negócio. Ele com passaporte de EUA e UK e queria o da China. E essa jovem queria o dos EUA. Mil coisas que me dizia no nosso encontro na rua nos fez tomar café e jantar. Fomos comer comida da Índia que amo, e eu falando do Dalai Lama. Ele me deixava desesperada. Tinha até medo de ter um ataque epilético. Mas eu ponderava que uma fuga é ruim. Eu deveria tentar entender. Assim ele pegou meu telefone e quando eu parti do Vietnã fui para Camboja e Mr. Colly mandava informação e jornais do mundo todos os dias. Contava tudo da China.

Quando voltei a Tailândia, para cidade do norte fronteira com Laos e na frente do Mekong eu ficava impressionada quantos novos templos budistas tinha. Fui muitas vezes para la. O Budismo é complexo porque na Ásia a China, Coreia e o Vietnã e japonês seguem o caminho Mahayana, na Tailândia , Camboja e Laos Theravada. Dalai Lama segue a tradição de Geluck.

A complexidade é enorme porque Dalai Lama todos sabem, quando Tibete foi dominado pela China, e Dalai Lama foi morar na Índia.

Sei que eu admirando tanto o Dalai Lama, no mês passado conheci na França um filósofo conectado aos tibetanos. Lembrei do que disse Mr. Colly “só ocidentais gostam do Dalai Lama”, pensei em perguntar a uma amiga da Tailândia se ela podia me fazer um favor. Se ela podia já que vai tanto aos templos da Tailândia, se ela podia perguntar a alguém que não sabe falar inglês e é Thai e segue Theravada, se sabe quem é Dalai Lama.

Minha amiga em três segundos disse que HH Dalai Lama era incrível e que iria perguntar no outro dia. Nosso horários é o oposto da Ásia. Sei que minha amiga foi ao templo e perguntou em Tailandês se sabiam quem era Dalai Lama e o que significava. Isso me tocou.

Ela contou que todos sabem que ele é o Lama superior e que faz tudo pela compaixão. Isso me tocou demais. Na China com alto poder agora perseguindo os muçulmanos, não gostando dos tibetanos e eu só tenho que pensar que o materialismo não mudou indiferente de religiões, e governos . São as nossas escolhas. Então me vem a mente HH Dalai Lama.

“ Aceite como você se sente, respeite todas as religiões indiferente das religiões são as nossas ações em relação aos outros. Ou como diria meu grande amiga Lama Lobsang que já partiu e era do Tibete “Nossos inimigos são nossos melhores amigos,nós mesmos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s