Os preços baixos pago pela desvalorização dos trabalhadores e já o meu casaco de Alpacas …

Estou de volta no sofá café o lugar que adoro e tomo café diariamente. Hoje acordei morrendo de frio e enrolei e coloquei um monte de blusas embaixo de um vestido. Lenços e meia e vim tomar café bem mais tarde que o André foi trabalhar.

Na hora, que fui pagar perguntei se a gorjeta é incluída , já que no outro lugar me pediram e quase em todos os outros o André que pagou. E eu tinha pago achando que estava incluída. Não é.

Quando eu cheguei aqui e já do meu lado “elitistinha”de acordo o André já quis ficar amiga do porteiro e dar o tapete que ele nem tem coragem de dar ou jogar fora.


Eu sugiro perguntar. E tbm dar uns tipo lustre que por comprar pela net vieram uns 10 e só precisamos de 1. É claro, ainda elistinha fui procurar uma moça para limpar esse micro apto.

André diz que aqui é quase escravidão . Preços de coisas de empresas é o mesmo preço que no Brasil. O estado quase inexistente portanto podem construir como querem. O novo governo da uns “tais” avanços mas os trabalhadores peruanos obviamente são os que pagam tudo por não receberem quase nada.

O André me diz que a moça que trabalha na casa do seu amigo cobra 50 soles, ou seja 50 reais. E ele diz que é muito pouco. Concordo. E decidimos que apesar do nosso apto ser micro pagamos 70.

Quando pergunto do tapete e levo ao porteiro ele fica tão encantado que me liga para dizer algo que não entendo. Desço e ele me agradece e diz que adoraram o tapete e a luz.
Ele arruma a senhora da limpeza que me pergunta o que quero que ela faça e eu digo que só precisa limpar. Pergunto quanto ela cobra e ela diz 50.

Não queria inflacionar de todos então digo. ” Tenho uma ideia se a senhora dobrar e guardar as roupas do André te pagamos 70″. Ela fica radiante e eu também mesmo porque somos desorganizados.

Então quando pergunto aqui no café da gorjeta e eles me contam que não é obrigado, então  eu deixo gorjeta e saio para procurar meu casaco. Vou andando e já ouço meu nome. Claro, já esqueci meu telefone no sofá café. Agradeço e me pergunto o que será que faz nossa realidade? As nossas ações ?
Ou são simplesmente diferença de cultura? E sem duvida eu tenho que parar de deixar coisas para trás ? No entanto, ganhei novos amigos por isso.

Minha mãe me diz para comprar um casaco de esporte mas no fundo esses eu nunca usaria e quando chego no shopping de Mira flores eu vou de loja em loja e de repente entro numa linda .

Cara como qualquer loja boa em São Paulo e colorida como qualquer loja asiática e me apaixono por um casaco de alpaca de mistura de preto com roxo, vermelho, azul e quando o visto tenho até medo do preço. Tudo nessa loja é lindo.

De tanto que eu hesitei e fiquei vestindo o tal casaco que fico até morrendo de calor. A vendedora explica que a alpaca  mantém a temperatura do corpo. Nem sei o preço mas sei que eu o adoro pelas cores, pelo calor, pela qualidade, pela maciez , por ser tão único e confortável. E por saber que a Alpaca é a base da indústria Andina. No cartãozinho colado ao casaco fala dos Incas, da criatividade dessa indústria de como hoje essa fibra tem um papel tão fundamental, fala até da alta variedade de cores cromaticas nesse tecido que diz ser a maior no mundo. Nem sei se é verdade, mas sei que vem dos Andes. E sei que amo montanhas.

Compro e volto andando. Faço economias de não tomar Uber ou taxi para pelo menos sentir que economizei em algo. Vou me perdendo um pouco mas vendo mais a cidade e de repente quem está do meu lado?

O sofá café 🙂 entro e digo a moça que to morrendo de calor de tanto andar, que sem meu cel que ela tinha me devolvido eu tinha ido a pé até a Bolívia mas fazias poucos minutos que tinha lembrado do mapa.

O que deveria tomar? Pergunto a moça do sofá café e ela me faz uma sugestão e aqui estou eu sentada na cadeira roxa e tomando um suco de mistura de frutas vermelhas e ervas verdadeiramente delicioso.



E nesse final de semana pelas confusões do visto do André vamos até a Bolívia 🙂 eu sabia que tínhamos um feriado e que eu ia passar frio para qualquer lugar que fosse. Agora tenho certeza que com essa bela alpaca posso até passar calor 🙂 De qualquer maneira, meu amigo Gabriel que é Peruano e estudou comigo na London School of Economics está aqui.  Acaba de ter um filho e me convida para ir lá agora….. então lá vou eu de volta para Mira flores e dessa vez, ja tirei os casacos inúteis e já coloquei meu lindo novo casaco.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s