Caminhando a volta de Kalaw

Coloco todas as minhas coisas para lavar e quando vou tomar café
vejo que o dia está maravilhoso. Corro de volta para pegar meu short sujo mesmo e vou procurar o Min Min.

Encontro o Thutu e então acho que dessa vez seremos só nós dois. Não ligo muito e começamos a andar. Thutu fala pouco de inglês mas eu o incentivo e de repente estamos na casa do Min Min.

Conheço sua mulher Tara, e seu pequeno filho e eles me oferecem café. Tomo chá porque já tomei café da manhã e eu estou de chinelo porque o meu sapato tinha me Machucado.

Min Min me pergunta se quero fazer uma caminha exploratoria. Concordo e ele me diz para usar um sapato dele. E não é que uso e é um tênis muito melhor que o que tinha?

Andamos pelas montanhas de Chan. Subindo e descendo. Ele me diz que não sabe o caminho. E é maravilhoso. Andamos no meio da floresta, passamos por plantações e eu vou treinando o Thutu a falar inglês.

Paramos num vilarejo Palauoom e eu conheço uma senhora de lá incrível. Aprendo a falar obrigada na língua deles. Mostro fotos do André, da minha avó e dos meus pais e de Ubatuba. Tiramos fofos e tomo café e chá no mercado deles. 


Andamos tanto hoje. Muito mais do que no dia da caverna que o Thutu me conta tinha de área 330 km. Fico sabendo tudo da vida dele. Seus pais moram em Yangon e seu irmão mais velhos trabalha na Korea. Sua namorada está em Singapura. 

Andamos mais de 25 kms subindo e descendo as montanhas. Passamos por selva, por vilarejos e até estrada. Fez calor e chuva e foi incrível.

Cheguei agora e apesar de ter andado das 8 às 4:20. Dessa vez andamos muito mais e não me cansei nada. Paramos só uma vez. Andamos e falamos e me senti feliz de perceber que Thutu ganhava tanta confiança que ele que mal falava me conta muito da sua vida.


Seus pais queriam que ele estivesse trabalhando e ganhando mais dinheiro como os irmãos. Ele tinha estudado línguas e budismo. Sua namorada é química. O processo do namoro começa por pedir o nome. Ela recusa e depois dá. Faz 6 anos que estão juntos. E ela está desde de abril em Singapura e volta em janeiro. Eles se falam pela internet.

Pergunto se gosta do seu trabalho e ele me diz que adora. Seus pais não entendem mas para ele é muito bom andar e estar no meio da natureza. É mais importante que ganhar dinheiro.

Amanhã se o tempo estiver bom como hoje andamos de novo, se não depois de amanhã . Eu adoro meus amigos daqui 🙂 E já sei que tem que pagar aluguel do pequeno escritório July 7. Abriram em março e dependem de turistas.
Se vierem os procurem:

Facebook mister min min’s trekking tour

Site misterminmin.wordpress.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s