Mandalay- Semhor Win e Lone Lone.


Obrigada pelos que me escreveram dizendo que estão lendo o meu nao parar de tentar contar. 
Hoje é dia 6 na Birmânia. Eu que sou dos números tenho que começar pelo inusitado fato de eu gostar do número 9 e 3. 3 que é 3x 3 ou 3+3+3 🙂

Então cheguei em Yangon no quarto 9 tirei foto e fiquei feliz. Em Bagan me colocaram no quarto 702. Que são 3 números que dão 3. E aqui em Mandalay me colocaram 102. O 3 🙂

Bobo né? Mas para mim é mágico assim como todo encontro que tenho. Hoje era o dia de encontra com minha amiga da sorveteria que é escrito por ela Lome Lome. Já tinha me adicionado. E já marcamos  para as 5.

Eu acordo e saio andando sem rota. Olhando as coisas que o André ia gostar de ver. Falando com tantas pessoas. Sou eu , né?

Vejo pessoas sentadas na rua e comendo. Pergunto se posso tirar uma foto. Não só posso como também sou convidada para comer a comida local.

Não hesito, me sento no chão e descarto a colher quando vejo que eles comem com a mão. Senhor Min me diz que é apimentado. Fala inglês perfeito. É professor. E eu digo que amo Pimenta. 

Acho que faz anos que não como uma comida que me dá tanto prazer. Peixe, molhos, arroz, temperos, e eu como de um tudo. No princípio por educação, normalmente não gosto de arroz, depois da primeira colherada vejo que tem gosto de Ásia .Abandono a colher e como como eles, ou seja com a mão . E repito 4 vezes!!!! 

Eles se impressionam que eu como as 3 pimentas puras.
Quando conto que sou Brasileira os meninos se encantam e trazem a revista do futebol 🙂

Senhor Min me dá uma aula. Para quem não sabe da Birmânia vamos lá, eu anotei oque ele me disse:

Esse país se chamou Burma, Birmânia até 1988 e então com a revolução da Junta vira Myanmar. Tem 14 estados e divisões. Tem mais de 100 grupos culturais.

 
 
Antes disso foi colonizado pelo Reino Unido e em 1948 eles ganham a independência do Reino Unido.

Em 1947 o General Aung San é morto com apenas 32 anos e deixa dois filhos.

Aung San Su Ch e Aung San Koo.

De acordo com o que me diziam o filho era a favor da Junta. De acordo com senhor Min ele mora nos EUA e não se interessa com a política daqui. 

Com a revolução de 88 a Su Chi que estudou em Oxford volta para Birmânia e fica 6 anos em prisão doméstica.

Em 2011 teve eleições que senhor Min também acha que não foi realmente real dando poder por “votos” a Junta.

Senhor Min me contou que tem eleição em 2020 e que ele tenta manter esperança.  Acredita des-acreditando.

Me explica que o nome Aung San ( família pai), Su ( mãe) Chi ( avó).
Falamos de muitas coisas e ele me convida para mostrar um lugar esta noite. E eu não posso aceitar porque já tenho hora marcada para as 5 🙂

Fica para outro dia e eu volto a pé correndo para não perder o meu horário.

As 5 Lone Lone está aqui na sua moto 🙂 Ela me leva para conhecer a cidade toda de moto e conhecer o shopping. Me leva para uma lanchonete moderna e eu tento rapidamente pagar… Em vão!

 Insisto para que me deixe levá-la para comer amanhã. Ela concorda. Vamos ver se dá certo.

Passeamos no shopping moderno. E ainda que eu não goste de shopping fico encantada com os Tamei feito à mão. Não tem jeito vou vendo tantos que experimento mais e compro. 

Lome Lome tem vida mega ativa. Aula de inglês 7 às 8 da manhã diariamente. Sua família tem loja de roupas de monges onde trabalha de manhã.

A tarde ela é corretora. Passamos por várias casas e ela tira uma mala de dinheiro para pagar o chefe. Não entendo muito bem. Só sei que ela está feliz de me ver e eu de conhecê-la. 

Ela tem 38 e não é casada e nem nunca teve namorado. É muito ativa , divertida e passamos um dia de gargalhadas tentando nos entender.

Ela tira uma foto da gente comendo e já coloca no facebook e o senhor Win também. E eu também. A cada segundo vou gostando mais desse país.
Até hoje Su Chi, ou Su Ki é a esperança de todos que conheci. Até achei que as pessoas falaram comigo livremente e não como teriam me dito que seria.

Minha avó me liga aqui no meio da madrugada e eu não paro de pensar que a internet faz coisas incríveis. Minha avó aos 91 consegue sozinha me ligar do Brasil falar comigo na Birmânia, meus pais falam pelo WhatsApp da Sardenha , o André do Peru e Lone Lone do outro lado da cidade marca um encontro e eu acabo de voltar vendo que ela já me tagged no Facebook.

 
Os que pensam da inutilidade dos breves encontros que fiquem com isso. Eu fico na profundidade da alegria e gratidão do agora. O templo muçulmano me faz lembrar nos meus amigos palestinos, marroquinos, turcos. E senhor Win me faz pensar na aceitação e na impermanência de tudo. Pronto tenho que ver os dois de novo. E estou ótima aqui. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s