Palavra coloca agente na prisão de nos mesmos.

Estava na cozinha, que é um lugar que não conhecia. Fiquei tanto tempo la .

Nada de cozinhar , mas sei falar e aprender, sempre soube. Mas a verdade é que nem percebemos o valor. Só de eu limpar na cozinha aprendi velhos ensinamentos . Mas enquanto eu limpava eu recebi uma mensagem da Rafaela. Era uma longa mensagem mas me tocou muito.

Eu tinha mandado uma pergunta dos Indígenas, e ela respondeu.

Rafaela é psicóloga, e antropóloga, ela até já a tinha visto como psicóloga na Amazônia.

Em junho conheci os Indígenas Kuikuru , e são da região de Xingu. Conheci por que, ela é esposa do Marcelo. Ele foi meu professor e há anos nos conhecemos. Marcelo celebrou seu aniversario em Ubatuba.

O Marcelo estava no Brasil, mas a Rafaela tinha ido com os indígenas, e ele foi busca-los
no Aeroporto.
Os indígenas nunca tiveram ido a cidades grandes, imagina pegar um voo e ir a um outro País. Eles vieram num encontro para rezar dos indígenas e pelo mundo. A Rafa era a tradutora.

Eu tive a sorte de conhecer os Kuikuru, mas não tinha de falar, mas estar perto. Conheci 3 , eram pais e o filho. So o filho que falava português.

Não questiono da Rafa, mas de todos e como as Tradições, e traduções sempre se modificam

Reflito na tradução que sempre reflito, a gente nem sabe o que o outro quis dizer, e até na mesma lingua.

Mas como estava na cozinha e escutei uma mensagem que me fez lembrar do Lama Lobsang.

Então estava na cozinha e me fazia das aulas que Lama Losang, e era um Lama do Tibete . Ele dizia que a cozinha era um lugar de um psicólogo com si.

A Rafa tinha me dito que os indígenas eram Pajés. Eram encontros e de vários indígenas do mundo.

Os Pajés que também atenderam pessoas com traumas fortes. Com traumas de guerras, estupro , tráfico de mulheres, drogas etc.

Me tocou que alem da reza, foi “ Devemos esquecer o nosso passado. Fazer uma nova vida, saber no presente.”

Aquilo me fez lembrar , quando me convidou eu ir e eu desesperada e fui falando, chorando e Lama Lobsang disse “ Vamos a cosinhar e me disse para cozinhar

Levou horas de cozinhar, mantra , comer e eu tinha esquecido o meu desespero . Salmos para uma sala , Lama Lobsang fala uma palavra e veio o desespero .

“ Uma palavra e volta ao desespero. Você devia até ser grata , porque consegue fazer tudo. E todas vezes que você ataca a sua mente do que já foi. Você tem que ser em paz de si.”

Ma época eu achei que não gaz sentido.

Temos que sair da nossa prisão de nos mesmos.

1 Palavra coloca agente na prisão de nos mesmos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s